Follow by Email

sexta-feira, 12 de abril de 2013

NOVIDADE



Quem acompanha minha história sabe, depois de emagrecer 25kg e mudar totalmente minha vida, resolvi encarar os palcos em um campeonato de Fisiculturismo, nova paixão da minha vida.

A descoberta deste esporte me fez uma nova pessoa, hoje dedico 24hs do meu dia para isso, minha alimentação, suplementação e treino estão totalmente voltados para isto.

E para me ajudar nesta jornada estou recebendo um apoio mega importante, agora sou PATROCINADA pela loja NOSSA FORMA. Agora sim estou muito bem assessorada, tenho certeza que esta parceria irá render vários frutos.

Então fica a dica: se você quer obter resultados com qualidade e segurança, procure a loja:
NOSSA FORMA
Rua XV de Novembro, 1241 (próximo ao Teatro Carlos Gomes)
Fone: 3322-8940

Quando precisar de suplementos, equipamentos, materiais para artes marciais, roupas, enfim, dê uma passada lá ou ligue, a loja oferece serviço de tele-entrega.
Mas não esqueça de dizer que foi indicado por mim na hora de fazer sua compra!!!

Grande abraço.

sábado, 30 de março de 2013

Treino completo: Glúteos e Isquiotibiais

Olá!

Hoje o post tem dica de treino!!
Tive a oportunidade de registrar um dos meus treinos de pernas com ênfase em Glúteos e Posteriores.
Meu treinador Robson Schoenau é que acompanha diariamente minha rotina.

Normalmente antes do treino eu pedalo uns 5 minutos, alongo e faço uma série de lombar, abdomen e oblíquos, apenas uma de cada.

Logo abaixo você pode assistir o vídeo, os exercícios utilizados foram:

- Leg Press com pés afastados;
- Avanço (com deslocamento);
- Elevação Pélvica com barra;
- Série combinada de Flexão de Joelhos deitada com Stiff;
- 2 séries de 2 minutos cada de avanço na inclinação, para a descida utilizei um leve trote.

Para fechar o treino realizei um exercício avançado de abdomen utilizando o aparelho Scott, normalmente utilizado para bíceps.

Não conto as repetições dos exercícios, realizo até a falha do movimento.

Este treino é feito de acordo com as minhas necessidades e meu planejamento, caso você queira adotar algum exercício em sua rotina converse com seu professor. Não se esqueça que exercício deve ser sempre feito sob a supervisão de um profissional.

video

Receita Fit: Bolo de Whey com Aveia (sem lactose e sem açúcar)

Olá! 

Hoje vou postar uma receitinha básica que testei e aprovei. Super dica para aqueles dias que queremos atacar os doces, esse a gente encara sem culpa. 

Se você treina pesado e segue a risca a dieta, esta receita é para você.



Ingredientes:
1 xícara de farinha de aveia
1/2 xícara de aveia em flocos
1 xícara de farinha de trigo integral
5 claras
2 gemas
2 scoops de whey protein sabor baunilha
1 xícara de leite sem lactose
1 colher (sopa) de fermento em pó
2 colheres (sopa) de sucralose
4 bananas prata
Canela em pó a gosto

Modo de preparo:
- Em um recipiente bata as claras em neve. Reserve.
- Coloque em outro recipiente a farinha de aveia, a aveia em flocos, a farinha integral, as gemas, o whey protein e a sucralose.
- Acrescente o leite aos poucos e misture com uma colher (Enquanto acrescenta o leite, ficar atento para a mistura não ficar mole). Misture até ficar homogenia.
- Acrescente as claras em neve, o fermento e bata delicadamente.
- Enquanto isso, pré-aqueça o forno
por 10 minutos.
- Corte 2 bananas picadinhas e acrescente a massa. Misture a banana com a mistura com o auxílio de uma colher. Em seguida, despeje em uma forma untada com margarina e farinha de trigo integral.
- Corte 2 bananas em rodelas e salpique a canela por cima do bolo para decorar.
- Leve ao forno por 30 a 40 minutos.

Até breve!

domingo, 27 de janeiro de 2013

Musculação: pesos livres X máquinas

Olá!

É rotineira a discussão, dentro e fora das academias, sobre qual a melhor forma de estimular os diversos grupos musculares, se pesos livres ou máquinas. Quando entramos em uma sala de treinamento as máquinas chamam a atenção, cada vez mais modernas, porém halteres imensos e barras cheias de anilhas também são vistosos... Qual o caminho a seguir?

Quando comecei a fazer musculação não sabia nada sobre a atividade e queria usar os equipamentos que me possibilitassem um progresso mais rápido, aliás é o que todos querem né? Tive sorte de começar minha prática de musculação muito bem orientada, o que possibilitava um treinamento amplo e bem explorado tanto nas máquinas como nos pesos livres. Obtive resultados bons, a custa de muito esforço e dedicação, sempre achei que as máquinas me davam maior conforto e  segurança durante a execução dos exercícios.

Inciantes

Quando a musculação virou profissão para mim, conheci equipamentos mais modernos, hoje acredito que se você dispõe de equipamentos com alavancas biodinâmicas e unilaterais (que obrigam a fazer força igual nos dois lados), eles se mostram vantajosos, principalmente aos iniciantes, pois permitem que a contração obedeça a um ângulo variável , que obriga o músculo a contrair-se praticamente por igual durante todo o movimento, e tornam o treino mais rápido, já que não é necessário montar e desmontar pesos na maioria das máquinas. Entendo que para os inciantes e intermediários na musculação precisam de muita atenção e aprendizado nesta fase, as máquinas fazem com que o aluno esteja mais preparado para os exercícios mais complexos que virão a seguir.
Mas preste atenção, isso vale para as máquinas mais modernas das melhores marcas, normalmente são muito caras e importadas, com isso o normal é encontra-las somente nas grandes academias. Já vi e experimentei cada aparelho inacreditável que ao invés de ajudar até atrapalha, ou porque o ângulo do posicionamento para a execução do exercício não ajuda, ou porque não possuía ajustes suficientes para pessoas altas ou baixas, vi até alguns aparelhos com falta de carga e  precisando colocar caneleiras ou halteres extras para aumentar sobrecarga.

Avançados
Já para os praticantes avançados, totalmente adaptados à prática de musculação, a prática com pesos livres é mais indicada, pois músculos fortes necessitam de mais estímulos e variação de exercícios,  o que possibilita a prática de treinos mais intensos e rigorosos, incluindo mais exercícios com pesos livres, mas sem abandonar as máquinas.
Os exercícios com pesos livres possuem a vantagem de ter maior variação, com isso a ação de músculos estabilizadores é aumentada, tornando assim os exercícios mais intensos. Por isso é necessário que seu corpo esteja preparado para treinar mais pesado, com os músculos fortes e movimentos minuciosos, já adaptados nas máquinas previamente.
Normalmente este exercícios exigem mais energia do praticante e são ótimas opções para correção de diferenças de medidas, porém exigem muita exigem muita perícia na execução pois há um certo grau de risco de lesões, principalmente na coluna.

Conclusão
Não existe benefício maior entre pesos livres ou máquinas, resultados bons acontecem independente do que se usa para treinar, e sim como se treina. Os exercícios devem ser seguros e adaptados para a sua necessidade, o segredo é começar adaptando o corpo e depois partindo para desafios maiores. Um bom treino contém diversos exercícios, o que vale mesmo é treinar com dedicação.
Como saber quando deve ser a transição de fase, de inciante para intermediário e avançado? Seu professor é que vai dizer! 
Independente da condição do aluno, seja inciante ou avançado, em todos os casos os exercícios devem ser orientados pelo professor. Ele é a única pessoa que pode elaborar treinamentos e dar a devida orientação sobre a execução dos movimentos. Vejo nas salas de musculação praticantes vindo com treinos prontos elaborados pelo google, ou copiando os treinos daqueles que estão na academia há anos, cuidado! Você pode estar gastando tempo e dinheiro a toa, pois o treino é individual e elaborado de acordo com o que você precisa, exercícios errados ou métodos de treino errados vão lhe trazer resultados indesejados, com certeza.

Grande abraço, bons treinos!



segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

10 dicas que auxiliam no emagrecimento saudável e definitivo


Com a autoestima abalada, muitas pessoas são estimuladas a inúmeros sacrifícios para perder peso, e frequentemente desistem no meio da dieta. O melhor caminho para a dieta não se torne um pesadelo são as pequenas mudanças de hábito, que reeducam o corpo e a mente. Confira as 10 dicas simples que auxiliam no emagrecimento saudável, definitivo e sem frustrações.

1. Diminua a retenção hídrica
Alimentos industrializados contendo sódio e o sedentarismo podem resultar em "falsos quilos" e os sintomas são geralmente a sensação de barriga estufada e pernas pesadas.
Dicas para prevenir ou tratar a retenção hídrica:
·         - Ingira até 500ml/dia de chás diuréticos no seu planejamento alimentar;
·         - Diminua o sal e utilize outros temperos como alho, cebola e ervas aromáticas;
·         - Polvilhe 1 colher de sopa de linhaça nos alimentos, pois ela é antiinflamatória.
2. Aumente a sensação de saciedade comendo alimentos "volumosos" e com fibras, mas de menor teor calórico.
·         –Prefira cereais integrais e linhaça, que favorecem o funcionamento do intestino;
·         –Selecione frutas com poder laxativo, pois promovem uma limpeza e elimina toxinas;
·         –Coma devagar e mastigue bem os alimentos.
3. Alimente-se frequentemente
Alimentar-se a cada 3 horas ajuda a evitar os "ataques à geladeira", pois mantém o metabolismo ativo e saciado. Ficar em jejum por um longo período pode significar aumento do peso, pois, nessa situação, o corpo não sabe quando receberá alimentos novamente e reduz o ritmo do metabolismo para poupar energia.
Dicas de lanches:
·         - 4 cookies integrais e 1 copo de chá de frutas;
·         - 1 copo de suco natural ou vitamina de soja light;
·         - 1 fruta fresca: maçã e pêssego são boas opções.
4. Alimente-se mais de alimentos com baixo índice glicêmico!
Não são apenas as calorias dos alimentos que os tornam engordativos. O índice glicêmico está ligado ao ganho de peso, pois define a capacidade de um alimento aumentar os níveis de açúcar no sangue e promove uma falsa sensação de saciedade que dura, no máximo, 2 horas.
Alimentos de baixo ou moderado índice glicêmico: pão e macarrão integrais, feijão, lentilha, goiaba, limão, maçã, maracujá e morango.
5. Equilibre os grupos alimentares!
Os grupos alimentares que devem estar presentes nas refeições são as proteínas, os carboidratos e as gorduras. Já as leguminosas deve estar presente em 1 das refeições do dia.
6. Comece pela salada!
A ordem do consumo dos alimentos em uma refeição também interfere na saciedade e na perda de peso. Comece pela salada, depois coma a carne e deixe por último a fonte de carboidratos.
7. Diminua a ingestão de gordura saturada!
Seja criativo e faça em casa receitas de hambúrguer e pizza integral com ingredientes pouco calóricos e sem óleo.
8. Reduza as calorias em restaurantes!
·         Nos fast-food, prefira hambúrguer de frango sem maionese;
·         Na churrascaria, peça salada de entrada e acompanhe o grelhado com 1 porção de carboidrato não-frito.
9. Troque a sobremesa por receitas menos calóricas!
Mousse de limão diet preparado com iogurte desnatado e gelatina diet é uma ótima opção como lanche da noite ou sobremesa.
10. Antes de ir para festas, coma um lanche!
Antes de sair, faça um lanche saudável e que lhe garanta saciedade. Assim você tem mais chances de não atacar um junk food.
Não esqueça que a palavra chave é REEDUCAÇÃO. Não existem receitas prontas, o que vai fazer você ter sucesso é sua DISCIPLINA, foi assim que eliminei 25kg, com muito esforço.
Se você quer emagrecer procure um bom Nutricionista que lhe indique os alimentos conforme as suas necessidades, as dietas são elaboradas de acordo com o que você realmente precisa, por isso as dietas de revista e internet não funcionam, ou funcionam por pouco tempo, elas não levam em conta o seu dia a dia e sua realidade.
Grande abraço, até breve.

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

SORTEIO

Olá saradete!

Está precisando de um novo modelito fitness para treinar?
Aqui é fácil fácil, siga os passos e concorra a um conjunto de top e calça super show, na sua numeração!

Para concorrer você terá de seguir as três regras básicas, confira abaixo:

Regra 1 - Curta a minha página no Facebook clicando aqui.
Não esqueça de adcionar a sua lista de interesses, como na imagem abaixo.
Isso garante que você receba em sua timeline tudo que for postado.

Regra 2 - Seja membro do Blog.
É só clicar "Participar deste site" e pronto! Confira na imagem abaixo:

Regra 3  - Compartilhe a imagem da promoção clicando aqui.

O sorteio será realizado dia 31 de janeiro de 2013, fique ligada!
Lembrando que a vencedora irá receber em casa o modelo no tamanho que desejar, ok?!

Grande abraço.

Dani.

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Dormir pouco aumenta o apetite e a obesidade

Você sabia que dormir menos que o necessário mexe com hormônios que podem aumentar o apetite e favorecer a obesidade?

Universidade Estadual da Pensilvânia realizou uma grande revisão de estudos médicos, publicada na revista "Journal of the Academy of Nutrition and Dietetics".
Foram elaboradas tabelas comparativas sobre o funcionamento do metabolismo e o consumo energético dos pacientes, onde constatou-se que os níveis de hormônios como a Grelina (controla a fome) subiram e os de Leptina (age sobre o apetite e o gasto de energiadiminuíram durante a privação de sono, o que pode agir sobre o ganho de peso.

Foram analisados também as taxas de insulina (hormônio do pâncreas, que quebra o açúcar), glicose (açúcar) e cortisol (hormônio do estresse) e foi encontrada uma menor sensibilidade à insulina, o que pode elevar o risco de diabetes.

Percebe-se então que reeducação alimentar e a prática de exercícios são fundamentais para o processo de emagrecimento, porém não é só isso que conta. Mudar a rotina diária para adoção de melhores hábitos de sono, também ajudam a regular o balanço energético.

Outro dado alarmante: estudos americanos apontam que mais de 35% dos adultos estão obesos e 28% dormem menos de 6 horas por noite.


A longo prazo, a privação do sono pode comprometer seriamente a saúde, uma vez que é durante o sono que são produzidos alguns hormônios que desempenham papéis vitais no funcionamento de nosso organismo. Por exemplo, o pico de produção do hormônio do crescimento (também conhecido como GH, de sua sigla em inglês, Growth Hormone) ocorre durante a primeira fase do sono profundo, aproximadamente meia hora após uma pessoa dormir.

Entre outras funções, ele ajuda a manter o tônus muscular, evita o acúmulo de gordura, melhora o desempenho físico e combate a osteoporose. Estudos provam que indivíduos que dormem pouco reduzem o tempo de sono profundo e, em conseqüência, a fabricação do hormônio do crescimento.

Que tal reorganizar a sua vida e ser mais saudável?

Grande abraço.
Dani

Fonte:
http://cyberdiet.terra.com.br
http://g1.globo.com/bemestar